Regina consolida-se como grande liderança em homenagem no Persona 2021

Por Giro das Cidades em 22/10/2021 às 00:01:38

Primeira mulher eleita prefeita da cidade de Itaíba, Regina Cunha (PODE), vem consolidando sua liderança em todo o Agreste Meridional emplacando várias conquistas, entre elas a reeleição e o Selo Unicef 2017/2020. Um talento da política que surgiu nas eleições de 2016 e hoje rompe barreiras em todo o estado, ganhando o reconhecimento do prêmio Persona Pernambuco 2021, que este ano homenageia os 30 anos da TV Asa Branca. Para Adriano Ferreira, organizador e diretor da Senso Eventos e Pesquisas, uma grande revelação da política.

"Regina veio para demonstrar a força e o empoderamento da mulher, demonstrando que política é sim lugar de qualquer um, seja homem ou mulher que queira trabalhar em prol do povo de sua cidade ou sua região. Eleita e reeleita, fruto de seu grandioso trabalho, Regina é uma mulher de garra, que tem uma belíssima história e mesmo em meio a adversidade e enfrentando grupos poderosos, se agarrou com o povo e hoje promove a maior transformação da história de Itaíba", afirmou.

Nascida no município de Canapi (Al), ela veio do campo, filha de agricultores e com nove irmãos, foi na Educação e na política aonde fez e faz história. Maria Regina Cunha ou simplesmente Regina da Saúde, prefeita de Itaíba, é daquelas mulheres que o destino gosta de testar e provar a força e a garra que vem de dentro delas. Foi professora em Canapi entre os anos 90 e 2001, indo depois exercer o magistério na cidade vizinha de Itaíba, em Pernambuco, através de concurso, lecionando na escola Major Antônio Inácio. Neste período, foi primeira dama do município, Secretária de Saúde e após idas e vindas da vida e da política, elegeu-se vereadora de Itaíba em 2012 com 788 votos, sendo a terceira mais votada com 5,99% dos votos válidos.

Mãe de três filhos (João Marcelo, Tamara Evellin e Manoel Luís) e já vó de seis netos, Maria Regina foi ousada e em 2016, ainda quando exercia seu primeiro mandato de vereadora, lançou-se candidata a prefeita da terra que aprendeu a amar. Nua eleição disputadíssima, pôs fim a oligarquia da família dos Martins (Claudiano Martins) que durava mais de 25 anos, sendo a primeira mulher eleita prefeita de Itaíba com 54,18% dos votos válidos.

Quatro anos depois, amparada no sucesso e nas obras transformadoras de seu governo, reelegeu-se com mais de dois mil votos de diferença para sua adversária. Regina marcou seu governo pela revolução na Saúde, garantindo atendimento, equipamentos, veículos e novas unidades que melhoraram os índices do município, assim como fez na Educação elevando o IDEB e o IDEPE, além de investir na construção de 04 grandes escolas, sendo uma delas já entregue e outras duas em andamento. Na área rural, a assistência ao homem e a mulher do campo é permanente e no desenvolvimento econômico, as parcerias com o SEBRAE e a abertura da Sala do Empreendedor deram um impulso aos empreendedores itaibenses.

"Unindo trabalho e sensibilidade, Regina Cunha foi reconhecida como uma das excelências em administração pública no Agreste Meridional lhe credenciado a ser uma das grandes homenageadas do prêmio", revela o diretor da Senso, Adriano Ferreira.

Comunicar erro

Comentários