André Campos defende unidade entre PT e PSB no Recife

Por Giro das Cidades em 21/05/2024 às 00:27:57

O assessor especial da presid√™ncia do Banco do Nordeste, André Campos (PT), prepara seu projeto político para voltar à Câmara de Vereadores do Recife neste ano. Ele deve deixar o cargo na instituição financeira em junho, a quatro meses das eleições municipais, para poder participar da corrida às urnas. Com o movimento, o gestor pretende fortalecer o campo progressista no Estado e a aliança entre PT e PSB.

Segundo ele, o prefeito do Recife, João Campos (PSB), vem fazendo um bom mandato e é uma alternativa do campo político tanto para as eleições deste ano quanto para a disputa pelo Governo do Estado em 2026. Atualmente, o PT ainda discute os termos da aliança com o PSB na Capital. A legenda pleiteia a indicação para vice na chapa do socialista, mas não h√° sinais concretos de que a vaga ser√° destinada para a agremiação.

"Estou voltando à política porque quero muito ajudar na questão da unificação da ala progressista em Pernambuco. Eu quero ajudar na questão do PT com o PSB. Eu acho que temos uma alternativa nas forças progressistas que é João Campos para prefeito e, quem sabe, l√° pra frente para governador. Nós precisamos estar juntos para não deixar acontecer nesse país o que aconteceu com Bolsonaro", afirmou.

André Campos ainda defendeu que a federação Brasil da Esperança, formada por PT, PV e PcdoB, tenha um posicionamento político mais coeso nas votações no Legislativo do Estado.

"Precisa ter uma maturação. Como voc√™ tem uma federação que, em tese, as pessoas deviam pensar, se não igual, de forma semelhante e voc√™ tem as bancadas votando de forma completamente diferente. Isso tem que ser discutido. Como é a condução política, não pode ser apenas um arranjo eleitoral, tem que ser uma construção política", defendeu. O gestor usa um ditado popular e compara que a federação não pode ser "uma aliança de jacaré com cobra d"√°gua".

Campos ainda comentou os recentes posicionamentos da bancada do seu partido na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Ele comentou que a sigla acertou ao aprovar uma resolução que mantém o posicionamento de oposição ao Governo Raquel Lyra. No entanto, ele relata que v√°rios membros da bancada estão votando com o Pal√°cio.

Em especial, ele cita o caso do deputado estadual João Paulo (PT), que foi voto de minerva na Comissão de Justiça pela aprovação do projeto das faixas salariais de Policiais Militares e bombeiros.

Comunicar erro

Coment√°rios

MBRITTO GIF